Caieiras
1 mês atrás

Empresa descarta material irregularmente no meio ambiente

Quem trafega por Caieiras se depara com vários outdoors espalhados pela cidade com propagandas de empresas e do poder público. Aliás, a prefeitura de Caieiras gasta centenas de milhares de reais com uma empresa para estampar ações que nem sempre atraem ou cumprem o papel de informar.

Empresa descarta material irregularmente no meio ambiente
Sobras de papel, resíduos e materiais usados em outdoors são descartados ilegalmente e prejudicam o meio ambiente - Foto: Regional News

Para muitos, esses painéis de madeira, representam uma poluição visual e deveriam ser mais bem organizados, além de fiscalizados já que muitos deles já desabaram, oferecendo riscos a pedestres e motoristas, em determinados lugares onde estão instalados.

Não bastasse o excesso de elementos visuais que promovem certo desconforto visual e espacial, no caso de Caieiras, também é possível notar um desrespeito o meio ambiente. Isso ocorre porque a empresa responsável quando faz a troca de anúncio, descarta e larga material de sobra ou reposição, papel, cola e restos de materiais, sem qualquer preocupação, abaixo dos painéis

Na quarta-feira, 6, a reportagem do jornal Regional News flagrou esse desrespeito nos outdoors de responsabilidade das empresas de Beto Seixas instalados próximo ao viaduto do Serpa. “Os funcionários arrancam o papel antigo, jogam na mata e vão embora. Toda sujeira fica a vista de qualquer um que aguarda pelo ônibus nesse ponto”, disse Jonas Silviano, cidadão que aguardava pelo coletivo e disse ter flagrado essa situação dezena de vezes, por estar no local diariamente para pegar o ônibus e ir trabalhar que coincide com as trocas.

Sobras de papel, resíduos e materiais usados em outdoors são descartados ilegalmente e prejudicam o meio ambiente – Foto: Regional News

O descarte inadequado de lixo, além de proibido por lei, leva à formação de ilhas de lixo nos rios, prejudicando a sobrevivência da fauna e flora de diversas regiões. Os efeitos podem ser sentidos por muito tempo, visto que alguns materiais, como o plástico, demoram centenas de anos para se decompor.

A agressão ao meio ambiente ocorre mesmo existindo na cidade a Lei nº 4742/2014 que proíbe a prática de jogar, depositar, estocar ou acostar lixo, resíduos em qualquer natureza, inclusive animais e entulhos em vias públicas, praças, jardins, passeios, lagos, rios e terrenos públicos e particulares.

“O mínimo que deveriam fazer é recolher depois que tiram o papel do painel. Isso pega até mal para a empresa que contrata o serviço para anunciar seu comércio”, falou Ana Beatriz Souza, que passava pelo local.

A fiscalização por parte da prefeitura de Caieiras também foi cobrada. “Esses outdoors já caíram mais de uma vez em dias de chuva e vento. Nunca vi alguém fiscalizando. Pelos menos aqui onde resido, não aparece ninguém para saber a estrutura é segura”, declarou um morador da Vila São João, que fica próximo a um local com vários painéis instalados. Vale lembrar que as empresas de Beto Seixas são parceiras e belas fornecedoras da prefeitura que, em razão disso pode estar fazendo vistas grossas para o desrespeito à Lei e ao meio ambiente.

Em busca de esclarecimentos, Carlos Alberto Seixas Toledo, o Beto, proprietário da Eventos Publi Eventos Ltda e a Publicomunicação Propaganda e Marketing Ltda, foi procurado para se manifestar, mas não encaminhou resposta até o fechamento da edição. O mesmo ocorreu com a prefeitura de Caieiras.

Sobras de papel, resíduos e materiais usados em outdoors são descartados ilegalmente e prejudicam o meio ambiente – Foto: Regional News

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?