Editorial
4 meses atrás

Eleições, foi dada a largada

O ano é de eleição e a largada já foi dada. Será a vez de eleger presidente, governadores, senadores e deputados em todo Brasil. Muitos tentam a reeleição, outros surgem pela primeira vez e é agora que o eleitor deve estar preparado quanto às propostas de cada candidato para não desperdiçar seu voto ou se arrepender depois que votou. Se a escolha for errada, serão quatro anos angustiando essa decisão e pouco ou quase nada poderá fazer.

Eleições, foi dada a largada
Foto: Reprodução

Nomes, partidos e coligações seguem se definindo e os concorrentes terão de enfrentar a pandemia que parece não ter fim com um desafio a mais. Proibidos, em tese, de gerar aglomerações, a maioria deve partir para as redes sociais, uma das principais ferramentas das divulgações. Mas até o período de permissão para iniciar as propagandas muita coisa pode mudar.

O que não muda é o nosso papel de acompanhar, analisar e ver o que os candidatos pretendem. Nesse meio, existem nomes bons e ruins. Embora, não seja tratada dessa maneira no Brasil, muito em razão pela fama dos próprios eleitos, a política é uma coisa séria e necessária para o país, estado e município.

Igual aos negócios no setor privado, longe de comparação, exige alguém para liderar e organizar. Com a política não é diferente. O que precisa é termos conhecimento que também temos poder, ainda que a cada dois anos, e ele se chama voto. Somos nós quem escolhemos quem vai governar e por isso a necessidade de levar esse assunto de forma séria.

Todos irão aparecer com ‘cara’ de santinho prometendo mundos e fundos. Mas não se engane. Que existem os que realmente têm boa intenção é fato, contudo a maioria quer apenas o poder. Como tudo faz parte de um jogo, muitas vezes devemos contar com a sorte. O que não dá, em tempos de tecnologia, é dizer que votou sem conhecer o candidato.

São inúmeros os meios a disposição para levantar informações sobre esse ou aquele. Mas também é preciso estar atento às notícias falsas, as famosas ‘fake news’, um crime virtual, que pode comprometer a vida das pessoas.

Portanto, antes de compartilhar qualquer informação, confira junto a sites confiáveis. Busque a fonte oficial da notícia e não colabore com os que usam esses artifícios para obter vantagens.

Siga o Rnews nas redes sociais

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?