Caieiras
2 semanas atrás

Eleições do PSB Caieiras são tidas como clandestinas pela Justiça

As últimas eleições do diretório municipal de Caieiras do PSB, Partido Socialista Brasileiro, foram consideradas clandestinas pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. O Acórdão com a essa consideração foi divulgado em 25 de julho desse ano, quando o atual presidente da comissão provisória da sigla, Cleber Furlan, empresário, ex-vereador e candidato derrotado ao pleito de prefeito da cidade de Caieiras em 2016, tentou reverter a decisão judicial, mas teve o recurso negado.

Eleições do PSB Caieiras são tidas como clandestinas pela Justiça
Empresário, ex vereador e candidato derrotado a prefeito Cleber Furlan (Arquivo RN)

Todo imbróglio teve início quando o vereador Regis do HC, membro do partido, buscou a Justiça para informar que teve seu direito de participar das eleições municipais do PSB cerceado por Cleber Furlan. Então, ele ajuizou mandado de segurança contra o ato, alegando que como parlamentar em exercício pelo partido e, apesar do artigo 26 do Estatuto Partidário dispor que ele deveria compor órgão de direção executiva, o Dr. Cleber não o convocou para a eleição da Diretoria Executiva nem o incluiu como membro desse órgão.

De acordo com seu advogado, Dr. Hermano Leitão, o objetivo era de evitar que outra pessoa pudesse presidir o PSB. “Houve uma eleição para o diretório de Caieiras e o Cleber Furlan, no afã de controlar o partido, resolveu fazer a eleição de forma clandestina, ou seja, não divulgou a contento e chamou quem ele quis para participar, além de realizar às escondidas”, declarou.

Acórdão mostra negação do recurso apresentado por Cleber (Reprodução)

O defensor de Regis ainda disse que em meio as irregularidades, não restou outra medida a não ser pedir a anulação da eleição. “O processo tem uma série de ilegalidades, porém a mais grave foi o fato dele não convocar Regis e Dr. Panelli, ambos do PSB, para compor a assembleia e que, por serem vereadores, são naturalmente delegados do partido e tinham de ter sido convocados. Eles foram cerceados, evitando outro possível interessado em dirigir o PSB”, revelou.

Apontando mais evidências para que a eleição fosse anulada, ele lembrou que Dr. Cleber chegou a pedir as dependências da Câmara Municipal para realizar a eleição, mas acabou não fazendo uso do espaço. “Ele mudou o local da votação e dois meses depois divulgou que tinha sido eleito”, concluiu Dr. Hermano, alegando que Caieiras está sem diretório do partido.

Documento mantém sentença de anulação das eleições do PSB (Reprodução)

Procurado, Dr. Panelli que é vereador pelo PSB e presidente da Câmara Municipal, confirmou que Cleber Furlan requereu o espaço da CMC e que considera lamentável a postura dele que pretende ser prefeito de Caieiras. “Se nos primórdios das eleições na direção do partido ele se utiliza de determinados meios para se manter no poder do PSB, sem convocar para a eleição os membros filiados e os vereadores eleitos pelo partido, imagina o que vai fazer no comando da prefeitura”, destacou Dr. Panelli, acentuando que o ex-vereador foi condenado pelo Juiz a pagar uma multa de R$ 12 mil por ter feito o que fez.

O vereador por Caieiras, Regis do HC, também foi ouvido pela reportagem. Ele disse que entrou na justiça porque queria votar nas eleições do partido. “Achei muita falta de consideração e seriedade por parte do Cleber, uma vez que eu tinha o direito. É assim que ele quer ser prefeito?”, questionou o parlamentar.

Outro lado
Dr. Cleber Furlan que apelou à Justiça tentando reverter a decisão, mas acabou sendo derrotado, foi procurado e também deu sua versão.

Segundo ele, as eleições não foram clandestinas. “Com todo o respeito a decisão do Tribunal, entendo que as eleições não foram clandestinas, pois o vereador, objeto do mandado de segurança não estava em dia com as suas obrigações partidárias”, falou.

De acordo com o candidato derrotado a prefeito, todos os filiados ao partido tiveram acesso ao edital de convocação e na tarde de terça-feira, 6, seu advogado já recorreu da decisão. “Temos certeza que a decisão será reformada”.

Quanto a cidade estar sem diretório do PSB, declarou que enquanto a sentença não transitar em julgado e for decidido em última instância, a eleição do diretório municipal permanece válida.

Quando perguntado sobre as intenções de ter realizado as eleições do PSB de forma camuflada, Cleber Furlan disse que não conseguiu contato com seu defensor, responsável por todas as respostas anteriores. Com referência à multa de 12 mil reais que terá de pagar por ter desobedecido o juiz, ele disse que quando vier a notificação vai ver o que faz porque ordem judicial se cumpre.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?