Artigo
2 meses atrás

Eleições: cidadania e bom senso

Trago uma palavra de sobriedade. De equilíbrio. De bom senso. Não bastasse o saudável amadurecimento da cidadania, que nem por isso deixa de ter suas crises e arroubos típicos de qualquer adolescência, somos confrontados diuturnamente com o paradoxo eleitoral do pleito que se aproxima, como se o sistema político representativo nacional fosse passível de modificação em um único ato. A simples menção heroica de um nome ou “pseudopaternalista” de outro é apresentada como capaz de implodir ou fazer decolar essa ainda ingênua república.

Eleições: cidadania e bom senso
(Foto: Reprodução)

Esquecem-se os mais letrados analistas políticos e teóricos sociais de levantar os olhos pelas vidraças de seus portentosos escritórios e bibliotecas, aliás tão mal usadas em determinada capital nacional, e observar a gota de chuva, ou a vegetação do entorno, ou mesmo a alvorada e o ocaso. Perceberiam que a natureza, em sua perfeição, não dá saltos. Não atende comando de chaves binárias de ligar e desligar. Também os fenômenos sociais seguem sua ordem natural, sucedendo-se em cadeia antagônica tendente à estabilização.

Há ainda a necessária ponderação acerca da origem de nossos representantes, se é que o fazem. Não vêm de Marte ou de Saturno, mas sim do povo. E o povo é formado por cada um de nós. Então, engenheiros e arquitetos de nosso futuro, a grande pergunta é Qual é o nosso compromisso com a ética? Boa eleição a todos.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?