Artigo
3 meses atrás

Doando vida

A vida tem lá seus mistérios, sua tristezas e suas felicidades. A mágica da morte se transformando em vida ainda não é suficientemente estimulada e encontra muitas barreiras culturais e até mesmo de ordem íntima. Ninguém duvida de que o momento de separação de um ente querido não seja doloroso, e que talvez tudo que se pretende naquele momento é ficar perto daquele corpo, do qual desejaríamos, se fosse possível, nunca nos separar. Mas é nesse momento que surge uma possibilidade de praticar a caridade, num verdadeiro exercício de humanidade e amor.

Doando vida
(Foto: Reprodução)

O Brasil possui uma longa fila de doentes crônicos à espera de um doador de órgãos e tecidos, muitos dos quais não vêem seu sonho satisfeito. Não bastasse, as questões técnicas a serem vencidas, por si só constituem também tarefa gigantesca. Os campos cirúrgicos para retirada de órgãos e tecidos são, piorando esse panorama, concentrados nas regiões sul e sudeste, principalmente, sendo muito raros no restante desse país continental. A vida possui em alguns casos, pela grandiosidade de Deus, uma segunda chance. Nós, ainda pequeninos, não conseguimos observar toda a majestade desse ato de amor. Dia 27 de setembro, dos primeiros dias da primavera, vem o convite à reflexão e à vida. Dia Nacional de sensibilização para doação de órgãos e tecidos. Ame. No futuro, você pode estar naquela fila.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?