Lazer
12 meses atrás

“Dinos do Brasil” é o novo espaço do Museu Catavento

Dino Catavento
Sala Dinos do Brasil terá sete sessões diárias com 40 minutos de duração e capacidade para 25 pessoas (Reprodução)

Conhecido por suas instalações tecnológicas que deixam o aprendizado das ciências mais lúdico, o Catavento Cultural, Museu do Governo do Estado de São Paulo, inaugurou uma ala dedicada aos dinossauros brasileiros. Com 100 m², a sala Dinos do Brasil ficará na seção “Vida” do museu e dará ao visitante a chance de fazer um passeio pelo território brasileiro na era mesozoica, entre 250 milhões e 65 milhões de anos atrás, com auxílio de óculos de realidade virtual.

Desenvolvida pela startup brasileira VR Monkey, com patrocínio da Intel e da Ambev, a sala Dinos do Brasil terá sete sessões diárias com 40 minutos de duração e capacidade para 25 pessoas. A bordo de uma cápsula do tempo, a atividade levará o público para uma viagem pelas paisagens primitivas do Brasil, de norte a sul, nos períodos Triássico e Cretáceo. Uberabatitan, Abelissauro, Unaissauro e Saturnália são algumas das espécies de dinossauros brasileiros que irão interagir com os visitantes, junto a outros animais pré-históricos, em meio a um passeio por florestas, desertos e áreas vulcânicas que, à época, faziam parte do relevo do território nacional. A experiência multissensorial, que estimula visão, audição e senso de direção, irá atrair não somente as crianças, frequentadoras assíduas do museu, mas também os adultos que apreciam história, tecnologia e games.

O Museu Catavento Cultural fica no Palácio das Indústrias, Avenida Mercúrio, s/nº, Parque Dom Pedro II, Centro, São Paulo. Mais informações pelo telefone 3315-0051.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?