Bem Estar e Saúde
3 semanas atrás

Diferentes, todos os imunizantes protegem contra a Covid-19

Não deveria, mas como tudo no Brasil é complicado ou polêmico, não está sendo diferente com a aplicação de vacinas contra a Covid-19. A corrida pela imunização ganhou um capítulo a parte com cidadãos querendo escolher qual vacina tomar. Não deve ser esse o pensamento, já que especialistas garantem que os imunizantes disponíveis por aqui são eficazes.

Diferentes, todos os imunizantes protegem contra a Covid-19
Foto: Reprodução/Pixabay

Segundo a OMS, Organização Mundial da Saúde, há 287 imunizantes em desenvolvimento pelo mundo, sendo oito regulamentadas e outras 12 utilizadas localmente que ainda aguardam aprovação do órgão internacional. No Brasil, três laboratórios conseguiram o registro definitivo junto à Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Embora existam diferenças em relação à eficiência, todas protegem quase 100% contra a forma grave da Covid-19. Autoridades de saúde recomendam tomar o imunizante sem escolhê-lo, como foi observado nas últimas semanas no Brasil – brasileiros têm evitado a Coronavac, por exemplo.

Todas as vacinas apresentam efeitos colaterais após a sua aplicação. Também é aconselhável a não utilizar remédios anti-inflamatórios, o que poderia diminuir a resposta imunológica.

Os números apresentados podem sofrer alterações já que existem estudos constantes em busca de respostas, conforme a vacina vai sendo aplicada na população. Porém, como já dito anteriormente, todas protegem quase 100% contra a forma grave da Covid-19.

Foto: Arte/RN

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?