Auto News
6 meses atrás

Detran.SP leiloa 811 veículos em Caieiras

Quem curte comprar veículos em leilão pode aproveitar mais um evento dessa natureza que será realizado pelo Detran.SP, Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo, a partir de quinta-feira, 9, em Caieiras. Ao todo, 811 veículos que foram removidos por infrações de trânsito na cidade, fazem parte do lote disponível para compra.

Detran.SP leiloa 811 veículos em Caieiras
(Foto: Reprodução)

Desses, ao menos 298 têm direito a documentação e podem voltar a circular. O restante será destinado a reciclagem e desmanches credenciados.

O leilão será realizado online no site www.sumareleiloes.com.br a partir das 12 horas. Pessoas físicas, a partir dos 18 anos, só podem adquirir os veículos com direito a documentação. O pagamento deve ser feito à vista.

Pessoas físicas, a partir dos 18 anos, só podem adquirir os veículos com direito a documentação. O pagamento deve ser feito à vista. Após o arremate, os débitos são baixados e é necessário que o comprador efetue a transferência do veículo para o seu nome, emitindo um novo documento para o veículo.

Vale lembrar, contudo, que se o valor da venda não for suficiente para cobrir as dívidas, o antigo proprietário continuará responsável por quitá-las.

As fotos dos veículos estão disponíveis no site do leiloeiro. O número de lotes a serem leiloados está sujeito a alterações, pois os proprietários podem regularizar a situação de seus veículos e retirá-los do pátio antes da realização do evento.

Visita ao pátio

Embora os lances devam ser dados apenas pela internet, os veículos podem ser vistos pessoalmente nos pátios. Os carros e motos estão disponíveis para inspeção visual nos dias 8, das 8h às 16h30, e 9, das 8h às 10h. O pátio fica na rua Estrada da Servidão, s/nº, próximo ao pátio da Meskan, em Franco da Rocha.

Regras

Os leilões são realizados conforme determina a legislação federal. Os veículos removidos por infração às leis de trânsito, como, por exemplo, falta de licenciamento, podem ir a leilão caso não sejam retirados por seus proprietários em até 60 dias, exceto os que têm pendência judicial, de acordo com a lei federal 13.160, de 2015.

Antes de ir a leilão, porém, o dono do veículo é notificado e tem prazo para reaver o bem. A notificação é feita por meio de edital publicado no Diário Oficial do Estado e no portal do Detran.SP (www.detran.sp.gov.br). Passado o prazo legal e não havendo manifestação do responsável, o veículo é relacionado para leilão.

O órgão estadual é responsável apenas por veículos removidos pela Polícia Militar, em perímetro urbano, por infrações que competem ao Estado fiscalizar, como racha, manobra perigosa, falta de licenciamento, veículo sem placa ou com a placa ilegível.
Veículos removidos por estacionamento irregular, por exemplo, são de responsabilidade das prefeituras. Aqueles removidos em estradas são de responsabilidade dos órgãos que atuam em rodovias, como o DER, Departamento de Estradas de Rodagem, e a PRF, Polícia Rodoviária Federal.

Veículos removidos por envolvimento em crimes são de responsabilidade da SSP, Secretaria da Segurança Pública, e aqueles com pendências judiciais competem ao Poder Judiciário.

Dicas de como comprar

Antes de tudo, verifique se o leilão é regularizado. Encontre em sites de empresas de leilões e procure se há registro em um edital público.

Durante o leilão, pesquise os valores oferecidos e compare com os valores apresentados no mercado, principalmente em sites de venda online. Isso ajuda saber se vale apena adquirir um veículo de leilão.

Outro ponto capital é que se você não é da área de automóvel, trate de levar um mecânico de sua confiança para que ele analise os carros. Com alguém que entende, é mais fácil saber se vale a pena comprar carros de leilão.

Normalmente um dia antes do evento, a leiloeira libera os carros para visitação. Porém, somente é possível ver o veículo. Geralmente não é permitido abrir as portas e verificar o motor.

Lembre-se, também, de não dar um valor maior do que o carro vale somente para ganhar o leilão. A empolgação do momento pode levar ao prejuízo da compra. Antes de ir, faça uma pesquisa em ferramentas de compra e venda de veículos pela internet ou nos sites das concessionárias.

Vantagens

Em algumas situações, vale muito a pena comprar veículos de leilão. Uma das muitas vantagens é o valor, que pode custar entre 30% a 50% a menos da tabela FIPE, Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, do que os veículos que saem direto de uma concessionária.

Muitos consumidores ficam em dúvida se terão de pagar ou não as dívidas que o carro já possui. É importante ficar claro que o valor pelo qual o veículo foi arrematado é o que será utilizado pela organizadora do leilão para quitar qualquer debito existente.

Outra conveniência é que, de acordo com o artigo nº 328 do Código de Trânsito Brasileiro, a quantia gasta na aquisição do automóvel no leilão quita qualquer dívida com relação ao IPVA, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. Dessa forma, o novo proprietário deve apenas se preocupar com a documentação e os possíveis reparos mecânicos que o carro irá precisar.

Também é interessante ter uma noção do quanto gastará com reparos nos veículo adquirido, no caso daqueles com alguma avaria da lataria ou mecânica. Uma conta básica ajuda saber se não compensa comprar um carro seminovo em boas condições.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?