São Paulo
1 semana atrás

Depois dos canudos, São Paulo proíbe utensílios de plástico descartáveis

A utilização de objetos de plástico como copos, pratos, talheres, agitadores para bebidas e varas para balões está proibida em estabelecimentos comerciais de São Paulo. A lei foi sancionada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) na segunda-feira, 13.

Depois dos canudos, São Paulo proíbe utensílios de plástico descartáveis
(Foto: Reprodução)

A Capital já proibia os canudos de plástico e agora alcança outros utensílios descartáveis do mesmo material. Eles deverão ser substituídos por opções biodegradáveis, reutilizáveis ou compostáveis. Estabelecimentos como restaurantes, bares, padarias, hotéis, além de espaços e produtoras de eventos culturais e esportivos terão um ano para se adaptar.

O projeto de lei, de autoria do vereador Xexéu Tripoli (PV), foi aprovado em novembro do ano passado na Câmara Municipal. O texto prevê multa de R$ 1 mil a partir da segunda autuação, com o valor dobrando para R$ 2 mil na terceira, R$ 4 mil na quarta e quinta e R$ 8 mil na sexta, acompanhada de fechamento administrativo.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?