Caieiras
1 mês atrás

Crianças não ganham ovos de chocolate em Caieiras

A palavra decepção define bem o que enfrentaram os alunos da rede municipal de ensino de Caieiras que não foram contemplados com o ovo de chocolate na semana da Páscoa. O caso ganhou repercussão nas redes sociais com manifestação até de professores, tamanha desilusão registrada pelos pequenos que contavam com o presente, ofertado há anos.

Crianças não ganham ovos de chocolate em Caieiras
Prefeitura investiu em evento temático, mas deixou as crianças sem o tradicional ovo de chocolate - Foto: Reprodução/PMC

Para piorar a situação, criaram expectativa ao exigir que as escolas levassem as crianças até ao Ecoparque onde foi feito um grande investimento voltado para a data em evento temático, mas sem agraciar os alunos com o tão esperado ovo de chocolate, com valor irrisório perto do que foi gasto para enfeitar o local.

Foram várias postagens criticando a falta de sensibilidade por parte da prefeitura que, em alguns deles, se manifestou dizendo ter sido uma recomendação nutricional para não presentear os alunos.

O post feito por Janaina Ribeiro em sua página pessoal e grupos foi tão comovente que muitos apoiaram e reforçaram as críticas à atual gestão. O fato de municípios vizinhos terem entregue o ovo de chocolate aos pequenos só reforçou o fato de que a prefeitura de Caieiras não demonstrou interesse em presentear os alunos, muitos sem condições de comprar o produto.

“Hoje, realmente foi um dia sem brilho para os meus pequenos e de todos os professores da rede, pois há anos trabalhamos a magia da Páscoa e no final da caça ao tesouro, encontrar as pegadinhas do coelho enfim… para no dia de hoje levar o tão esperado ovo pra casa. Mas hoje nada aconteceu, e ouvir os relatos das crianças como: ‘Prô cadê meu ovo? O coelhinho não veio? Minha avó não tem dinheiro pra comprar’, entre outros, que é melhor nem descrever aqui e pensar que estarão bem nesse domingo”, escreveu Janaina, se referindo a Páscoa. “Parabéns aos idosos pelo ovo da Páscoa, pois também nessa idade voltam a ser criança e com certeza merecem. Deixo aqui a minha tristeza”, concluiu.

Foto: Reprodução/Facebook

Alan Meira lembrou que a Caieiras sempre contemplou os alunos. “Sempre teve ovos para as crianças. O duro é saber que não falta dinheiro para propagandas dessa prefeitura”, disse.

O fato de muitos não terem condições de comprar foi citado por Giovana Silva. “Isso é triste demais. Grande parte das crianças ganha somente o ovo da escola que já é tão tradicional”, comentou.

Já Kely Fumani falou da trerrível experiencia que vivenciou. “Voltei para casa com o coração partido também. Foram ao Ecoparque para ver a decoração e ficavam perguntando quando iam levar os ovos. A criança vê o coelho e os ovos de decoração ali, aguçam sua imaginação. Acreditei que teria lá. O pior que a gente não poderia oferecer nada comprado por nós, ou sofrer com as consequências. Comprei lembrancinhas para meus alunos de outro município.

Deixei de dar para os menores porque fui avisada do que poderia me acontecer. Tristeza por minha turma e por todas crianças que não faltaram hoje por uma gota de esperança. E foram embora com um olhar triste sem levar nada nas mãos”, falou.

“Que triste. Pelo que eu entendi, todas as escolas levaram seus alunos para conhecer a decoração de Páscoa. Chegando lá ainda foram avisados que não poderia colocar as mãos em nada. Para começar já na entrada deveria ter um Kit lanchinho e uma fruta e água, depois oferecer um almoço, poderia ser até de cachorro quente com direito a um refrigerante e depois a grande surpresa o coelhinho chegando com os ovinhos. Desculpa eu estava sonhando um futuro melhor para nossa cidade de Caieiras”, citou Angélica Pesenti Dias.

Foto: Reprodução/Facebook

Davyla Teles lamentou a situação. “Hoje muitas crianças ficaram triste. Pior que muitos esperavam receber o ovo de páscoa”, escreveu.

Críticas não faltaram a gestão do prefeito Lagoinha. “Guardando a grana para as próximas propagandas. Não dá para esperar muitas coisas dos políticos desse lugar. Não acredito em nenhum. Isso que dar voto por amizade”, disse Cristiane Oliveira.

Simoni Fonseca também lamentou o que as crianças enfrentaram. “Levar as crianças no Ecoparque e não terem um lanchinho é muito triste”, relatou.

A prefeitura de Caieiras e a Secretaria de Educação foram procuradas para se manifestar, mas não encaminharam resposta até o fechamento da edição.

Foto: Reprodução/Facebook

Siga o Rnews nas redes sociais

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?