Editorial
1 mês atrás

Corrupção está no DNA da maioria

Dias após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que no seu governo a corrupção tinha acabado, para ingrata surpresa do mandatário um de seus aliados foi descoberto em operação da Polícia Federal com dinheiro na cueca. Chico Rodrigues (DEM-RR), então vice-líder do governo, foi flagrado com R$ 33 mil na cueca em operação sobre supostos desvios na Saúde.

Corrupção está no DNA da maioria
(Foto: Reprodução)

Com mais esse fato, está mais que comprovado que a corrupção faz parte da cultura e do DNA da maioria. Por mais que pessoas bem-intencionadas tentem mudar essa imagem no Brasil, historicamente o País, em todas suas fronteiras e rincões, está mal servido de políticos desde sempre e a velhacaria infesta, impera e prospera, promovendo a imoralidade que pode ser nacional, sistêmica, endêmica, pluripartidária e hereditária.

A questão está longe de ser um caso isolado, tampouco fato do presente. A corrupção também não é invenção brasileira, mas pelo que vimos, muitos que estão lá no poder adoraram a ideia e fazem questão de usar e abusar dela como rotina. Para piorar, dão exemplos terríveis e acabam por apoiar a sociedade, também mal-acostumada com certas ações e comportamentos nada honestos. Nessa história, todos perdem.

Nunca na história desse país, onde se tem no DNA a corrupção, se viu tanta roubalheira. É assim que a Polícia Federal, com a coragem de alguns colocou várias operações em andamento e conseguiu trazer de volta alguns milhares de bilhões de reais e colocar na cadeia aqueles inocentes que nunca sabem de nada.

O presidente até deve ter boa intenção em querer arrumar a imagem do Brasil, mas esquece-se dos interesses que falam mais alto, em especial, quando envolve a política.

Por isso, não adianta querer por fim em uma operação que deu certo para aliviar a barra do governo que ele imagina ser o menos corrupto com convicção, se continua rodeado de pessoas sem escrúpulos. É de se lamentar, principalmente nesse caso, com recursos da saúde sendo desviados enquanto pessoas morrem na fila de tanto esperar por atendimento médico.

Para que tudo se encaixe, essa cultura tem de mudar e, antes de apontar o dedo para os que promovem desvios milionários, sem generalizar, o empresário tem de parar de sonegar e fraudar o sistema e o trabalhador não apresentar atestados médicos falsificados para ganhar o dia sem trabalhar.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?