Caieiras
3 semanas atrás

Contribuintes alegam falta de informação sobre parcelamento de impostos

Muitos contribuintes de Caieiras estão reclamando do parcelamento oferecido pela prefeitura por meio do cartão de crédito para pagar impostos.

Contribuintes alegam falta de informação sobre parcelamento de impostos
(Foto: Reprodução)

Segundo os cidadãos, durante a divulgação feita pela prefeitura sobre o desconto para pagamento a vista com a possibilidade de parcelamento por meio do cartão de crédito, não foi informado as taxas cobradas pela administradora. “As pessoas correram para garantir os 15% de desconto, mas existem juros do cartão sobre o valor parcelado. Em alguns casos, fica mais caro utilizar essa opção. Acho que faltou explicar um pouco melhor”, disse Cintia Silva.

Como ela, outros contribuintes também reclamaram. “Ninguém falou que é cobrado taxa. Para piorar, ninguém sabe dizer quanto, apenas se descobre na hora que passar o cartão”, relatou outro cidadão.

O prefeito Gersinho Romero foi procurado para se manifestar e explicou que disponibilizou a possibilidade de pagamento por cartão em razão de uma portaria baixada pelo Banco Central onde diz que que taxas de serviços públicos os bancos não recebem mais. “Foi dado 15% de desconto no IPTU para pagamento a vista. Muitos munícipes reclamavam porque não conseguiam pagar o carnê nos bancos. Nesse sentido, trouxe empresas no segmento de cartões para permitir o pagamento com o cartão sem precisar ir a Lotérica”, esclareceu.

Quanto aos juros, disse que é normal existir a cobrança administrativa da operadora do cartão. “Por isso, as pessoas precisam analisar se vale a pena parcelar pelo cartão. Em muitos casos, a melhor opção é pagar as parcelas do carnê em 12 vezes”, concluiu Gersinho.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?