Caieiras
4 meses atrás

Cleber Furlan e Lagoinha, implacáveis

O trabalho da imprensa nunca irá agradar todos. Aliás, esse não é o papel da mídia. É dessa forma que donos de jornais e jornalistas ganham amigos e inevitavelmente, surgem os inimigos em maior proporção.

Cleber Furlan e Lagoinha, implacáveis
Como prova de desespero, se o jornal não tivesse credibilidade, Cleber e Lagoinha não teriam investido tempo para agredir e ameaçar o jornal Regional News (Reprodução)

Quem comete práticas suspeitas não gosta de ver seu nome ou imagem ligada a uma matéria quando traz detalhes de irregularidades e documentos legítimos mostrando que a verdade é diferente daquela inventada. A situação é ainda mais delicada quando envolve políticos e ex-políticos.

O que muitas pessoas não entendem é que um dos trabalhos feitos por jornais, independente de apoiar ou não quem está no poder, é de sempre estar do lado do povo. A imprensa é interlocutora entre o cidadão, quem nem sempre é ouvido e o governo, entidades de classe e concessionárias. Essa atividade, quando desempenhada de forma séria, sempre resulta em benefícios para os dois lados.

Em Caieiras, o jornal Regional News, no mercado há quase 30 anos, sempre contou com muito mais apoiadores e quem acredita nesse trabalho sério. São décadas de atividade, lidando com todo tipo de pessoas e governantes, mas sempre primando por não olhar cor, credo, time que torce ou político que apoia. A cidade é prioridade.

O árduo trabalho desempenhado desde os anos 1990 passou por altos e baixos e, de uns anos para cá, migrou para as redes sociais e internet nas mais variadas plataformas digitais que deram voz à muitas pessoas, mas sem abandonar o jornal impresso, proposta e marca registrada do trabalho que faz um jornalista diplomado e com critérios a seguir.

Em ano eleitoral, como de praxe, os ânimos se inflamam e os ataques infundados se afloram. Recentemente, após a divulgação de matéria embasada em documentos de órgãos sérios como Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, Polícia Federal e outros setores, envolvendo os pré-candidatos à prefeitura, Cleber Furlan e vereador Lagoinha, o jornal Regional News foi duramente criticado durante uma live feita por ambos, muito embora eles tenham sido procurados para apresentar suas versões antes da matéria ser veiculada. Porém, em vídeo divulgado nas redes sociais, atacaram o jornal Regional News e a municipalidade.

Cleber Furlan mostra raiva ao falar do jornal Regional News (Reprodução)

O ex-vereador Cleber Furlan que sempre divulgou suas ações enquanto parlamentar no Regional News acusou o jornal de persegui-lo por anos e também de ter mentido. Mas não apresentou provas das acusações que fez, muito menos das mentiras que disse ter o jornal contado. Derrotado candidato nas últimas três eleições as quais disputou, Cleber Furlan e seu aliado parceiro vereador Lagoinha fizeram duras acusações contra o jornal e terão de prestar contas à Justiça.

Para mostrar que o jornal apenas publica assuntos de interesses públicos, após ser derrotado nas duas vezes que pleiteou à prefeitura, ele voltou a ter seu nome citado em uma matéria apenas em 2019, quase onze anos depois após cumprir seu segundo mandato como parlamentar. Cleber Furlan foi acusado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo de realizar eleições clandestinas quando presidiu o diretório municipal de Caieiras do PSB, Partido Socialista Brasileiro.

O atual pré-candidato acumula outros problemas judiciais como contas rejeitadas enquanto presidente da Casa de Leis e hoje se defende de outros processos envolvendo sua vida pública frente a partidos políticos tendo como defensor nesses casos o advogado Dr. Cristiano Vilela de Pinho, do escritório Vilela Silva Gomes & Miranda, investigado pela Polícia Federal na Operação Dark Side e responsável pelas contas do PSB de Caieiras, e advogado dos diretórios municipais do PSDB e PSB de Caieiras, hoje presidido pelo ex-vereador Cleber Furlan, pré-candidato à prefeitura, e seu filho Cleber Furlan Filho, respectivamente.

A ira de Cleber Furlan contra o Regional News certamente está relacionada à publicação das suas contas rejeitadas em 2001 o que o tornou inelegível e também como presidente de partidos políticos, apesar de ter sido procurado todas as vezes em que esteve envolvido em situações de interesse público.

Em 2017, o empresário de renome em Caieiras atestou ser pobre (Reprodução)

Outra mentira praticada pelo ex-vereador e pré-candidato a prefeito Cleber Furlan amplamente divulgada nas redes sociais é um pedido de justiça gratuita datado de 24 de novembro de 2017, solicitação feita por quem não possui recursos para pagar as custas, as despesas processuais e os honorários advocatícios (caput do art. 98 do CPC), embora seja um empresário reconhecidamente de sucesso na cidade há pelo menos 3 décadas. Por essa atitude, aliás, está sujeito a ser condenado ao pagamento de multas que podem chegar a até dez vezes o valor das despesas devidas, caso comprovada má-fé do beneficiário da Justiça gratuita. É o que informa o CNJ, Conselho Nacional de Justiça.

Vereador ‘Lagoinha’

Vereador que sempre foi respeitado pelo jornal, se uniu a Cleber e, desde então, passou a fazer acusações infundadas (Reprodução)

Atual vereador e pré-candidato a vice-prefeito, Gilmar Soares Vicente, o “Lagoinha”, filho do saudoso vereador ‘Lagoa’ que sempre contou com o apreço do jornal Regional News, também terá de se explicar por acusar o jornal de só publicar matérias mentirosas incitando o ódio e ameaçando a editora do jornal na mesma live feita pelo derrotado ex-candidato a prefeito por três vezes em 2008, 2013 e 2017.

Cumprindo seu segundo mandato, resolveu fazer oposição ao atual prefeito e tem disparado críticas à administração que sempre defendeu e apoiou. Com direito a fazer o que bem entende, tem acusado o governo municipal de negligência, mas esquece de desenvolver seu verdadeiro papel de agente fiscalizador com possibilidade de contrariar decisões, fiscalizar os gastos públicos, entre outras ações que lhes são conferidas pela própria função de vereador.

Processos

Dentre os processos que Lagoinha e Cleber gritaram e acenaram na live, eles esqueceram de informar que desses, vários são de autoria do jornal e seus responsáveis, alguns envolvendo questões pessoais e de herança e alguns outros em represália às matérias publicadas sempre com documentos legítimos envolvendo falhas da administração pública que ficaram sem elementos ou argumentos, restando tentar confundir o público.

Quando tantos julgaram e acusaram o jornal que teve a prefeitura como cliente, a credibilidade e honestidade do Regional News foi atestada na avaliação de perito judicial que analisou contrato da Peres e Graziano com a seguinte resposta anexa nos autos:

Perito nomeado pelo Juízo atesta honestidade e lisura no procedimento da Peres e Graziano, empresa que edita o Regional News, no contrato com a prefeitura . Afirma ainda que o município, que não fez o pagamento devido, tem débitos a acertar com a empresa (Reprodução)

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?