Caieiras
1 mês atrás

Caso de feminicídio gera comoção e revolta em Caieiras

Um caso de feminicídio foi registrado na madrugada de segunda-feira, 19, em Caieiras. A cuidadora de crianças especiais, Carla Cristina de Souza, foi assassinada pelo ex-companheiro José Amaro Laurentino de Lima dentro de sua casa na região do Serpa.

Caso de feminicídio gera comoção e revolta em Caieiras
(Foto: Reprodução/Pixabay)

Ao Portal G1, vizinhos, que não querem se identificar, contaram que o casal tinha se separado recentemente. Veja o trecho da matéria:

Repórter: Tinha muita briga entre eles?

Vizinho: Tinha, era direto.

Vizinha: Ele não aceitava o fim do relacionamento. Ela queria separar, mas ele não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com a polícia, José Amaro matou a moça por asfixia. Testemunhas contaram na delegacia que ouviram gritos.

“Por volta das duas horas, teriam ouvido alguns gritos de socorro sem dar maior importância. Mas uma das testemunhas teria saído na varanda e visto o momento em que o averiguado teria corrido, se evadindo do local”, explica Fábio Lopes Cenachi, delegado titular de Caieiras, ao Portal G1.

Carla tinha 32 anos. Ela está dentro do perfil da maioria das vítimas de feminicídio no país, que tinham entre 20 e 39 anos, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta segunda.

A página no Facebook Coletivo de Mulheres Periféricas de Caieiras e Região fez um publicação com a foto da vítima e do ex-companheiro pedindo ajuda dos seguidores para encontrar o suspeito que continua foragido. A postagem conta com mais de 900 compartilhamentos.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?