Caieiras
3 semanas atrás

Caieiras preparada para a longevidade

O Instituto de Longevidade Mongeral Aegon lançou a segunda edição do IDL, Índice de Desenvolvimento Urbano para a Longevidade, que tem como objetivo, avaliar o preparo de 876 municípios brasileiros para a longevidade da população.

Caieiras preparada para a longevidade
(Foto Ilustrativa)

Caieiras aparece nesse ranking em 118° lugar entre as cidades pequenas compostas por municípios até 104 mil habitantes, aproximadamente.

De acordo com os resultados, que levam em consideração 50 indicadores, o município apresenta preparo satisfatório para a longevidade. Nos indicadores gerais, a “Cidade dos Pinheirais” deu salto de 60 para 98 pontos de 2017 a 2020, segundo os gráficos do estudo.

A evolução neste quesito mostra que a atual gestão de Gersinho Romero mostrou dedicação em investir nos setores que atendem a melhor idade, tanto que foi apontada pelo Instituto estar preparada para a longevidade.

As mais recentes ações envolvem a implantação de um Ecoparque, novas unidades básicas de saúde e programas voltados não apenas aos idosos, mas a todo município, mostrando que o poder público caieirense continua se destacando em meio a pesquisas e estudos sérios com este realizado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon.

Na região, Caieiras ficou à frente de Mairiporã e Cajamar, municípios que se enquadram na faixa populacional considerada no estudo. Por apresentar melhores condições, a “Cidade dos Pinheirais” vem sendo escolhidas cada vez mais por pessoas idosas, que buscam tranquilidade e qualidade de vida, como moradia.

“O papel do IDL é ser uma ferramenta prática que contribua diretamente para que os gestores públicos desenvolvam políticas que melhorem a qualidade de vida nas cidades. Da mesma forma, é um importante aliado para que a sociedade conheça de forma objetiva a realidade de seus municípios e, com isso, possa escolher melhor os seus próximos representantes, principalmente em um ano de eleição municipal”, explica Henrique Noya, diretor-Executivo do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon.

“Respeito é o mínimo que devemos a essas pessoas que lutaram a vida toda. Tenho me esforçado para oferecer o melhor para eles e, se Deus quiser, vou fazer muito mais”, disse Gersinho Romero.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?