Editorial
5 meses atrás

Brasil, um País de contradições

A alta no preços da gasolina e do diesel promoveu revolta na classe de caminhoneiros. Eles resolveram dar um basta e assim cruzar os braços para mostrar quem manda nesse País. Sem eles, o Brasil para e os reflexos são percebidos de imediato, quando postos ficam sem combustíveis e o setor de alimentos fica ameaçado pela falta de abastecimento. Somando-se a isso, tem também a aviação e demais departamentos que sem o andamento regular dos fretamentos sinalizam para o caos.

Brasil, um País de contradições
(Foto: Reprodução)

Os seguidos reajustes vem tirando do sério não apenas quem trabalha no setor de transporte, mas também o cidadão que se vê cada vez mais encurralado e quase que sem saída.

Essa medida é a mais clara intenção de que, novamente, querem passar a conta do rombo promovido pela corrupção para o povo pagar. É sempre assim e não seria diferente desta vez.
E assim segue o País, sem que o salário do trabalhador acompanhe esses altos e abusivos aumentos empurrados em nossa goela a baixo.

Na contramão da alta de impostos aparecem os serviços públicos oferecidos ao cidadão que continuam de ruim a péssimo com hospitais lotados e sem médicos nem medicamentos, estradas esburacadas, educação pífia e segurança falida na maioria dos estados brasileiros.

São tantas contradições que fica até difícil relatar. Mas vamos a algumas delas. O governo aparece na televisão amedrontando os trabalhadores mostrando que a previdência está quebrada e que uma reforma se faz necessária. Enquanto isso, bancos particulares lucram milhões e devem milhões à previdência, à beira do colapso por não ter fundos suficientes.

Graças à coragem de um juiz ousado, muitos bilhões foram recuperados pela operação Lava Jato, mas, olhando de outro lado, não cabe ficar retido enquanto o povo padece. O que se sabe ou imagina é que esse montante devolvido está sub judice, contudo, seria oportuno dar explicações e lidar com transparência a respeito disso.

O que se espera é que esse dinheiro, ou melhor dizendo, essa fortuna, seja utilizada em favor da vida social, pelo menos. Se analisar alguns números, só no apartamento ex-ministro Geddel, considerado face visível de corrupção pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, foram 51 milhões. Transparência é a resposta necessária para essa crise sem precedentes.

Enquanto isso, alunos estão sem merenda escolar e alguns até passando fome, segundo relatos de mães que agora sofrem o descaso do governo por conta da falta de merendeiras e mão de obra para fazer a comida.
Absurdos à parte, se não é por um motivo é por outro.

E assim caminha um País rico em tudo o que planta e pobre em quem comanda ou representa.
Esse é o retrato do Brasil, um País de contradições.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?