Música
6 dias atrás

Botando a rebeldia ‘pra’ fora

Rebelde por natureza Christian Targa é grande nome do punk paulistano. Guitarrista, vocalista, compositor e arranjador é mais conhecido como Gordo e por vinte anos integrou a Blind Pigs, emblemática banda do underground noventista.

Botando a rebeldia ‘pra’ fora
(Foto: Divulgação)

Agora à frente de seu novo grupo, O Preço, o cara mantém a rebeldia, discurso inflamado e letras contundentes, marcando terreno contra o atual ocupante da cadeira presidencial. “Eu me esforço pra entender por que votaram em Bolsonaro, mas não consigo entender por que ainda o apoiam, depois de tanta presepada, tanto descaso com a pandemia e com a cultura. Mas cada um acredita no que quer desde que não afete ou acerte o próximo”, diz.

Essa verborragia pode ser conferida no disco estreante da banda, completada por Luccas (guitarra/vocal), Marcos Rolando (baixo) e Mário Rolim (batera/vocal), este último é responsável pela identidade visual e todo material de divulgação d’O Preço.

O disco, autointitulado, foi lançado em 2019 pela Detona Records trazendo 14 faixas do autêntico street punk rock.

Segundo Targa o processo de produção do álbum foi longo, em torno de dois anos. “Fiz muitas letras e músicas que, aos poucos, foram criando forma e passando por algumas “peneiras”, até chegar o momento de gravar. Escrevi todas as músicas, exceto “Unidos Somos Reis”, letra do Mário Rolim. Fiz algumas adaptações na letra e melodia, assinamos a música juntos e, com certeza, virão mais dessas parcerias com os caras. É fundamental a participação de todos nos próximos processos de composição”, conclui o líder d’O Preço.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?