Editorial
2 meses atrás

Amor, sentimento que cura

Mais uma data comemorativa que vai passar em plena pandemia. Esse dia é mais um daqueles em que se quer abraçar, beijar e ficar muito pertinho. Contudo, toda essa demonstração de amor e carinho dignas do Dia dos Namorados, assim como foi com o Dia das Mães, terá de ficar para depois, quando se tem o bom senso de que ainda não é o momento de relaxar o distanciamento social.

Amor, sentimento que cura
(Foto: Reprodução/Pixabay)

Os números apontam para a necessidade de cuidados e, se cada um fizer sua parte, agora preservando quem mais ama, o quanto antes as coisas irão voltar ao normal e sairemos dessa.

Não há como fugir do que é realidade, mas nem por isso devemos deixar o que sentimos de lado. Existem várias maneiras de demonstrar o nosso afeto, carinho e ternura, ainda que de longe. O que não podemos é deixar datas especiais passar em branco e, como somos adaptáveis, que possamos agir, mesmo à distância.

Essa data, aliás, representa o amor e esse é um dos mais nobres sentimentos. Bem por isso deve ser respeitado e prevalecer em sua essência, quando o momento é atípico e tão desconfortante para muitos.

Só amor é capaz de curar tristezas, aflições, angústias e afastar medos que podem nos travar e impedir de viver plenamente. Em razão do isolamento e prudente distanciamento social, seja um telefonema, uma vídeo-chamada, uma mensagem ou outra forma de comunicação, o meio para podemos transmitir a emoção desse sentir tão especial e essencial para cada um de nós.

O Dia dos Namorados, assim como foi o Dia das Mães, ganha novos significados em tempo de coronavírus. Para muitos casais, essa será a primeira vez em que a ocasião deve ser experimentada à distância. Fundamental é perceber que o afastamento social não é o mesmo que isolamento emocional. Sentimentos como o respeito, a admiração, o carinho e o amor a dois parecem potencializados quando não se está por perto e acabam por se tornar ainda mais importantes, urgentes. Quando o beijo e o abraço apertado não podem fazer parte do presente, os apaixonados precisam reinventar as formas para estar juntos, ainda que separados.

É importante preservar as lindas histórias de amor e não permitir que elas sejam interrompidas. Por isso, se comprou um presente, presenteie. Se separou flores, mande entregar, mas tomando todos os cuidados necessários, de uma forma diferente, cada um na sua maneira e, de preferência, na sua casa. Feliz Dia dos Namorados.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?