Artigo
Dr. Fabio Cenachi » Artigo
2 meses atrás

Amazônia, nosso quintal, nosso tesouro

Dia desses, em pleno inverno, reparava no tamanho do sol brilhando logo cedo em sua cabeceira, fazendo lembrança das manhãs no nordeste, onde, logo cedinho sua luz já invade as janelas dizendo bom dia. No Natal passado, entretanto, bem no alto do verão, me recordo daquela barba branca e o capuz vermelho não tão quentes como de costume … a nossa casa, o planetinha azul, que fica logo ali, já está sinalizando problemas sérios em seu “ar condicionado”… Resultado do trato absolutamente egoísta que temos lhe dado.

Amazônia, nosso quintal, nosso tesouro
(Foto: Reprodução)

Os “pulmões do mundo”, não a Amazônia, mas os plânctons, pequeníssimos vegetais em suspensão nas águas dos oceanos, vem sofrendo com a poluição irresponsável que os contamina. Aliás por falar em Amazônia, será que já nos demos conta de que temos um acervo de vida em nosso quintal inestimável? Ali podem estar as curas para doenças que sequer ainda conhecemos, animais nunca vistos, sem falar nos recursos hídricos navegáveis e subterrâneos que ali descansam. Podemos nos considerar privilegiados, com a caixa de sobrevivência da humanidade. Claro, se tivermos a decência mínima de preservá-la para nossos filhos e netos, que talvez com olhares mais elevados consigam enxerga-la como ferramenta de integração entre as nações, não como tesouro guardado em um aquário que fazemos questão de ostentar quando nos é conveniente.

Gente, é hora de darmos um passo adiante…senão acabaremos. Simples assim, como um interruptor de luz que desliga. Muitos anos de vida Amazônia! Tomara que os cidadão do mundo compreendam sua importância, assim como de toda criação de nosso Pai.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?