Editorial
1 mês atrás

Ainda temos muito para crescer

Que o ser humano é um bicho complicado de entender, não é novidade. Porém, com o passar dos anos existia a esperança de que a evolução poderia melhorá-lo, mas infelizmente não é isso que vimos vendo. Exemplos do quão cruel são alguns de nossa espécie não faltam para afirmar que ainda temos muito a aprender.

Ainda temos muito para crescer
Reprodução/Pixabay

Devastadora, a pandemia provocada pelo coronavírus deixa marcas e tão logo declarada, o que mais se esperava era por uma vacina que pudesse salvar a humanidade. Agora que o remédio se tornou realidade em quase todo o mundo, criou-se uma discussão sobre a eficácia, além de uma briga política, que só reforça a tese daqueles que não irão tomar por pertencerem a um grupo político. Pura ignorância.

Embora exista o livre arbítrio, as pessoas precisam entender que idolatrar um político nessa hora não vai salvar a vida delas. Portanto, pense bem antes de tomar a decisão de abrir mão da imunização por orgulho ou não gostar desse ou daquele. Não importar quem saiu na frente, o importante é que a vacina chegou e isso precisa ser celebrado. Já são quase 210 mil vidas perdidas por conta da doença.

A ignorância e maldade humana também ganha destaque com atos cruéis, cada vez mais comum de ser ver: aquelas que alcançam os animais, na maioria das vezes, indefesos.

Na semana passada, tivemos um caso em Caieiras, quando cães foram encontrados em estado de maus-tratos em um bairro da cidade. Pior ainda quando eles são colocados a prova apenas por diversão como o que ocorre com os cães da raça galgo, no Rio Grande do Sul ou nas constantes e recorrentes rinhas.

No caso dos cães, por serem habilidosos e velozes, tornaram-se alvo de apostadores, que chegam a aplicar drogas nos bichos para aumentar a performance nas competições. O resultado de tudo isso são cães feridos e abandonados, além de sofrerem todo tipo de crueldade nas mãos dos apostadores e o abandono em razão das consequências da ação humana.

Em 2020 foi aprovada uma lei aumentando as penas para quem maltratar cães e gatos, mas nem isso parece assustar quem pratica esse tipo de delito. Na verdade, nem de lei precisaríamos se o ser humano não fosse tão covarde com os animais. Afinal, a pessoa que não demonstra amor por um animal indefeso não pode comprovar amor por quase nada nessa vida. Ainda temos muito para aprender e crescer.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?