Franco da Rocha
1 semana atrás

Agentes do CPP de Franco da Rocha impedem a entrada de mais 50 celulares na cadeia

Na madrugada do dia 20 de junho, Agentes de Segurança Penitenciária (ASP) e de Escolta e Vigilância (AEVP) da unidade prisional frustraram a tentativa de envio de celulares e aparelhos eletrônicos para dentro do (CPP) Centro de Progressão Penitenciária de Franco da Rocha.

Agentes do CPP de Franco da Rocha impedem a entrada de mais 50 celulares na cadeia
Mochila continha 51 aparelhos celulares, 36 baterias, 56 carregadores, 28 chips de celular e três fones de ouvido - Foto: Divulgação/SAP

De acordo com a SAP, Secretaria da Administração Penitenciária, após avistar dois indivíduos escalando a muralha da unidade prisional, um agente de segurança imediatamente informou os demais servidores para se dirigirem ao local a fim de impedirem a invasão. Os AEVPs de plantão foram surpreendidos por disparos de arma de fogo e, em defesa, efetuaram disparos de alerta. Os indivíduos que tentavam invadir a unidade prisional fugiram pela mata, aos fundos do CPP, onde um terceiro rapaz os aguardava.

Em ronda realizada na muralha do estabelecimento penal foi encontrada uma mochila contendo 51 aparelhos celulares, 36 baterias, 56 carregadores, 28 chips de celular e três fones de ouvido. Uma segunda mochila também foi apreendida com roupas e em nome de um custodiado do CPP de Franco da Rocha, que se encontra em saída temporária.

Mochilas continham celulares, baterias, carregadores, chips de celular e três fones de ouvido – Foto: Divulgação/SAP

O local foi minuciosamente vistoriado na manhã do dia seguinte, onde foi encontrada uma corda e uma escada de madeira. Os indivíduos envolvidos na ocorrência não foram localizados.

Os objetos apreendidos foram encaminhados ao Distrito Policial de Franco da Rocha, onde foi elaborado Boletim de Ocorrência.

Siga o Rnews nas redes sociais

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?