Bem Estar e Saúde
2 semanas atrás

A vitalidade da marapuama

Nativa da região da floresta amazônica, a marapuama há muito tempo é utilizada por nativos da região e índios que descobriram seu potencial medicinal de grande eficiência e a utilizam para diversas finalidades. É afrodisíaca, antidisentérica, antirreumática, antidepressiva e tônica.

A vitalidade da marapuama
Foto: Reprodução

É indicada em casos de astenias cardíacas, reumatismo e nevralgia. Previne o aparecimento de gripes e resfriados, ajuda a tratar disfunções intestinais e contribui no combate ao inchaço e celulite. Atua também no tratamento natural da impotência sexual, infertilidade masculina, ejaculação precoce, falta de libido e frigidez, além de aliviar cólicas menstruais e os sintomas da TPM.

É recomendada ainda para tratar quadros de ansiedade, estresse, insônia, depressão e esgotamento físico e mental, além de estimular o bom funcionamento da memória, eliminar a fraqueza e aumentar a energia.

Não é permitido seu uso durante a gravidez, lactação e em pacientes com hipertensão ou problemas cardíacos. Se usada em grandes dosagens pode apresentar efeitos colaterais como tremor das mãos, palpitações e ejaculação precoce.

Em todos os casos pede-se para seguir as recomendações de um especialista antes de fazer uso da marapuama para fins medicinais.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?