Música
Nelson de Souza Lima » Música
3 meses atrás

A reinvenção do Maglore

Reinventar-se. Essa palavra chamou minha atenção ao ler o release de Todas as Bandeiras, Deckdisc, novo álbum do Maglore. O termo ficou martelando minha cabeça e, curioso, fui conferir o CD do quarteto soteropolitano. Quer saber? Meu ‘sorrisomêtro’ bateu alto, indo de orelha a orelha. A banda que está na estrada desde 2011 mostra nesse quarto álbum de estúdio que arejar ideias, sair da zona de conforto sem medo dos riscos faz bem.

A reinvenção do Maglore
(Foto: Divulgação)

O reinventar-se lá do princípio tem vários significados, inclusive literal. O grupo passou por uma mudança na formação com a saída do baixista Rodrigo Damati no começo do ano. Mexidas no tabuleiro e alterações nas peças culminaram no quarteto atual com Teago Oliveira, guitarra/voz, Lelo Brandão, guitarra/sintetizador/voz, Lucas Oliveira, baixo/voz, e Felipe Dieder, bateria. O resultado pode ser conferido nas dez faixas de Todas as bandeiras nas quais as guitarras dão a tônica, mas sempre bem assessoradas por baixo, bateria e sintetizadores.

As canções são pra cima, maduras, num caldeirão sonoro no qual cabe de tudo. Estão lá as guitarras surf music em perfeita harmonia com o sempre forte tempero baiano. Psicodélica, pós-punk, rock, pop que sempre nortearam a sonoridade dos soteropolitanos, tudo ok. É o mudar pra continuar tudo igual. Uma das músicas que fala em mudança/reinvenção é “Jogue tudo fora”. Nela Teago Oliveira canta: “Embrulhei pra viagem/5 quilo de roupa e 30 de coragem/dediquei minha tarde/A pesquisa de imóveis no centro da cidade/Mas já decidi, sem discussão/Estou indo embora/Pode ficar com as coisas/Ou jogue tudo fora”.

O Maglore mostra que se reinventar é necessário, mas se mudar e ainda assim ficar como antes também não é má ideia. Doideira, né? Outros destaques são “Aquela força”, “Quando chove no varal”, “Me deixa legal”, “Hoje eu vou sair”, “Clonazepam 2mg”, “Todas as bandeiras” e “Eu consegui”. A produção ficou nas mãos de Rafael Ramos e Leonardo Marques. Um disco bem bacana.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?