Música
Nelson de Souza Lima » Música
4 semanas atrás

A hora das garotas-bomba

O título acima, literalmente, dá nome a Time Bomb Girls, banda formada por Camila Lacerda (bateria/voz), Déia Marinho (baixo/voz) e Sayuri Yamamoto (guitarra/voz).

A hora das garotas-bomba
(Foto: Reprodução)

Influenciado pelo punk rock, rockabilly, surf music, Blues, psychobilly e muita garageira o power trio feminino, surgido no final de 2017 em São Paulo, vai explodir corações e mentes com seu álbum de estreia “Las Tres Destemidas”, (Monstro Records). Repleto de “Hey Ho, Let’s Go” o disco traz treze porradas deixando claro o quanto tem pitadas ramonianas no som. Longe de ser mais uma banda 100% feminina a TBG marca presença na cena roqueira que conta, entre outras, com Nervosa, Malvada e The Monic, também só integradas por garotas.

Para a baixista Déia Marinho o momento é propício não só na música, mas no geral com a crescente onda feminista. “Entendemos que precisamos lutar pelo coletivo, que nós mulheres temos que mostrar nossa força e que somos tão boas, senão melhores, que os homens. Entre outras coisas, começamos a sentir a necessidade de estarmos presentes em locais que há a predominante figura masculina. Se é tendência, espero que continue sendo e que mais mulheres se coloquem à frente da cena musical. Se é coincidência, que bela coincidência.”, diz.

“Las Tres Destemidas” foi gravado no estúdio Porto Produções Musicais por Raul Zanardo e produção caprichada de Matheus Krempel e Alexandre Saldanha. Os destaques são vários: “Entre Trancos e Barrancos”, “Save Me”, “Quando Eu Crescer”, “Sobrancelhas Selvagens”, “Nanana Surf” e “Waste Of Time”.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?