Editorial
4 meses atrás

A dinastia mostrando ausência injustificável

Faltar não é ilegal, mas parar o Congresso para fazer campanha é inadmissível. Assim tem sido o dia a dia dos deputados que buscam a reeleição. Eles, que foram eleitos para legislar em nosso favor, estão preocupados em manter seus cargos e regalias, não aparecem no trabalho para nos representar, mas continuam recebendo o salário.

A dinastia mostrando ausência injustificável
(Foto: Reprodução)

Mesmo que não demonstrem, deveriam estar lá para fiscalizar o governo, apoiar ou criticar, fazer e mudar leis, agir em nome dos eleitores e interesses de sua área de atuação. Afinal, são nossos representantes. Por isso se chamam mandatários e os eleitores mandantes.

Uma parte da culpa por essa ausência, além da cara de pau desses políticos, é do próprio eleitor que tem a obrigação de cobrar a presença de quem elegeu para representá-lo e não o faz.

O abuso com essa quantidade de ausências é muito mais que prejudicial para a população por que paga pelo interesse próprio com o dinheiro público. Causa vergonha e descrédito para a Nação, já enlameada pelos escândalos de envolvimentos políticos infinitos e desconhecidos com o dinheiro que figura como fruto de negociatas e propinas.
Além das mazelas, como a questão dos mandatários continuarem recebendo sem trabalhar, outra situação remete aos projetos que ficam parados por não ter quórum mínimo para aprovação.

São assuntos importantes que interessam à sociedade, mas que foram deixadas de lado em razão de campanha para se perpetuar no cargo ser mais importante. Um bom exemplo a se citar está na reforma tributária que deveria ser debatida com frequência em busca da diminuição dos impostos. Outro tema absolutamente de necessária dedicação é possibilitar mais simples a burocracia fiscal que deu certo em outros países que crescem sem desemprego desde que a carga fiscal foi reduzida. O que falar da reforma da previdência, muito mal mexida, para não tocar nos privilegiados enquanto o déficit continua crescente e consumindo recursos.

E assim é que se questiona o papel desses legisladores que deixam o plenário vazio para manter a dinastia e assim facilitando, ainda mais, a vida do vigarista, do bandido e do corrupto. Lamentável.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?