Problemas e perigo rondam pedestres que transitam em rua. Material encostado se deteriora e prefeitura fica inerte (Regional News)

Problemas e perigo rondam pedestres que transitam em rua. Material encostado se deteriora e prefeitura fica inerte (Regional News)

Problemas e perigo rondam pedestres que transitam em rua. Material encostado se deteriora e prefeitura fica inerte (Regional News)

Problemas e perigo rondam pedestres que transitam em rua. Material encostado se deteriora e prefeitura fica inerte (Regional News)

Uma obra que está sendo realizada na Rua Doutor Hamilton Prado, na Vila Irma, em Franco da Rocha, vem sendo questionada pela população em razão da demora para ser finalizada e por oferecer riscos aos pedestres.

Em abril de 2014, o jornal Regional News foi procurado por cidadãos que reclamavam da queda de um muro, local da obra atualmente, que não tinha sido reconstruído gerando revolta. Na ocasião, a prefeitura foi procurada e informou que tinha realizado um projeto para efetuar os reparos no local do desmoronamento, mas que embora tivesse conseguido recurso com o Governo do Estado, nenhuma empresa se interessou pela obra.

Dois anos depois, em outubro de 2016, a municipalidade divulgou em seu site que a obra do muro de contenção tinha sido iniciada com previsão para término até o final do mesmo ano, o que não ocorreu. Agora, em agosto de 2017, os cidadãos que passam pelo local voltaram a criticar os serviços e cobram a finalização da obra. “Parte do material utilizado já foi perdido. Sem contar o perigo que o local oferece”, disse Elizeu Alves.

Alzira da Silva que passa pelo local diariamente também alertou para o risco. “Não tem nenhuma sinalização impedindo pessoas de passarem pela calçada da obra. Realmente está perigoso. Sem contar que ninguém se manifesta quanto ao término do serviço e o porquê de estar paralisado”, falou.

Em busca de novos esclarecimentos, a prefeitura voltou a ser procurada, mas não se manifestou até o fechamento da edição.