Homem foi detido na plataforma da estação Barra Funda do metrô com 21 seringas em uma sacola (Polícia Civil/Divulgação)

Homem foi detido na plataforma da estação Barra Funda do metrô com 21 seringas em uma sacola (Polícia Civil/Divulgação)

Foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira, 20, um morador de rua acusado de ser o homem que atacou uma estudante com uma seringa na estação Paraíso do metrô, em agosto deste ano.

Benedito José da Silva, de 62 anos, foi detido na plataforma da estação Barra Funda do metrô, por volta das 18 horas, com 21 seringas em uma sacola. Segundo a polícia, as agulhas estavam fechadas e foram coletadas por ele em postos de saúde para tratamento de diabetes.

Nico Gonçalves, delegado responsável pelo caso, explicou que o acusado tem problemas mentais. Foi pedido, além da prisão, o encaminhamento para cumprir pena em hospital psiquiátrico. O agressor foi reconhecido pela estudante atacada no mês passado.

No últimos três meses, a Polícia Civil registrou 23 boletins de ocorrência de vítimas de ataques com seringa em estações do metrô da cidade. A maioria dos casos ocorreu em horários de pico e nas estações de maior movimento, como Sé e República da Linha 3-Vermelha.