Semana Nacional da Criança Excepcional. A semana de 21 a 28 de agosto, por conta da Lei Brasileira de Inclusão, sedia as comemorações, na verdade uma tentativa para fomentar os movimentos de inclusão social dos portadores de necessidades especiais. Esse não é assunto técnico. É matéria de sentimento. De amor. Excepcionais são aqueles que não são corriqueiros, do cotidiano. Mas no que são eles especiais? Alguns pessimistas, presos ainda na caverna da própria ignorância, falariam das dificuldades, dos esforços.

Outros ainda, talvez à exemplo da semente cai à margem do caminho e logo é arrancada, diriam da sociedade mais integrativa em que vivemos e que as diferenças são relevadas. Mas aqueles que amam, aqueles cujos olhos se mareiam ao tom de palavras simples ou meros olhares, são capazes de definir em que nossos pequenos mestres são excepcionais, como quis a letra fria da lei. Eles ensinam o amor em essência, aquele que perdura além da vida e nunca fica desgastado, ao contrário, ensinam vida. Ensinam Luz. Além do nosso cuidado e nosso carinho, merecem nossa atenção. Quem sabe não consigam nos tirar de nossa própria excepcionalidade?