Resultado da votação foi bastante próximo do esperado pelo governo do presidente interino (Reprodução)

Resultado da votação foi bastante próximo do esperado pelo governo do presidente interino (Reprodução)

A presidente afastada Dilma Rousseff irá ser julgada pelo plenário do Senado. Por 59 votos a 21 o plenário do Senado aprovou hoje, 10, o relatório do senador Antonio Anastasia que julga procedente a denúncia contra a ela por crime de responsabilidade.

O resultado da votação ficou próximo do esperado pelo governo do presidente interino Michel Temer. Integrantes da base avaliavam que o governo teria cerca de 60 votos favoráveis pela admissão da pronúncia.

Esta será a terceira e última etapa do processo no Senado e vai decidir se Dilma perderá o cargo definitivamente ou será reconduzida à Presidência. As sessões de julgamento devem ser agendadas a partir do dia 23 de agosto.

O placar indica que há maioria suficiente para confirmar o afastamento de Dilma na última fase do julgamento. Serão necessários os votos de 54 senadores para tornar definitivo o impeachment.