Presença de cães gera crítica dos visitantes. Prefeitura promete novas ações e pede a colaboração das pessoas que abandonam e alimentam esses animais (Regional News)

Presença de cães gera crítica dos visitantes. Prefeitura promete novas ações e pede a colaboração das pessoas que abandonam e alimentam esses animais (Regional News)

Presença de cães gera crítica dos visitantes. Prefeitura promete novas ações e pede a colaboração das pessoas que abandonam e alimentam esses animais (Regional News)

Presença de cães gera crítica dos visitantes. Prefeitura promete novas ações e pede a colaboração das pessoas que abandonam e alimentam esses animais (Regional News)

Um grupo de cães que fez do cemitério do Morro Grande, em Caieiras, seu habitat, tem gerado críticas por parte das pessoas que visitam o local. São muitas reclamações envolvendo a presença desses animais e a situação mais que complicada de ser solucionada exige atenção das autoridades.

De acordo com as reclamações encaminhadas ao jornal Regional News, esses cães estão avançando nas pessoas e até se alimentando de restos mortais, além de gerar outros problemas.

Na manhã de segunda-feira, 12, a reportagem esteve no local e registrou ao menos oito cães de médio e grande porte nas dependências do cemitério. No momento ocorria um enterro e familiares reclamaram da situação. “O momento já é complicado e ter de enfrentar cães rosnando não dá para aceitar”, disse Marisa Dias.

Maria Alencar foi outra pessoa que reclamou desse problema. Segundo ela, visitar o local tem sido cada vez mais difícil devido a presença dos cães. “Estava com minha neta e quando entramos os cachorros vieram latindo em nossa direção”, declarou.

Já Patricia Oliveira culpou as pessoas que abandonam cães no local. Ela mesma confirmou já ter visto essa ação. “As pessoas se acham no direito de soltar animais por lá e não pensam nas consequências que podem causar. É uma questão complicada, mas que deve ser acompanhada pelos governantes da cidade”, falou.

César Cavalcante argumentou que também já teve problemas com esses animais soltos no cemitério. “Tenho parentes enterrados lá e não consigo ir sozinho ao cemitério por conta desses cachorros”, disse.

O problema com abandono de cães na cidade de Caieiras, de fato é uma questão que merece atenção devido ao município ser dotado de várias áreas verdes e ermas, como o que se vê no Morro Grande.

Cachorros estão por toda parte do cemitério do Morro Grande. Presença dos animais tem aborrecido os visitantes (Regional News)

Cachorros estão por toda parte do cemitério do Morro Grande. Presença dos animais tem aborrecido os visitantes (Regional News)

Em busca de esclarecimentos, o jornal entrou em contato a prefeitura. A municipalidade informou que já tomou e continua tomando providências em relação aos cães que vivem nas proximidades do Cemitério do Morro Grande.

Segundo a Vigilância Sanitária, a campanha de castração gratuita de cães e gatos já foi realizada por duas vezes no bairro e todos os animais que habitam o cemitério foram castrados.

Também esclareceu que o canil municipal está em funcionamento, no entanto, não é possível levar estes animais para lá, em razão do local estar superlotado e que a afirmação de que os animais estariam alimentando-se de restos mortais trata-se de uma inverdade.

A prefeitura de Caieiras reforça que vem fazendo constantemente campanhas de conscientização sobre o abandono de animais, que, inclusive é crime previsto em Lei. Conclui pedindo a colaboração da população não abandonando mais animais nas ruas.

“Procuro fazer minha obrigação enquanto governante da cidade, mas quem abandona animais lá precisa parar de fazê-lo”, disse o prefeito Gerson Romero. “É um ciclo vicioso impossível de controlar se a própria comunidade não ajudar. A prefeitura vai e arruma, vem gente vai e abandona e quem tem dó vai e alimenta e outros animais se acumulam e assim vai”, finalizou Gersinho.