No veículo, havia quatro metralhadoras, nove pistolas, cinco revólveres, um simulacro de fuzil e três adaptadores que potencializam a velocidade do disparo de pistolas (Divulgação/Polícia Civil)

No veículo, havia quatro metralhadoras, nove pistolas, cinco revólveres, um simulacro de fuzil e três adaptadores que potencializam a velocidade do disparo de pistolas (Divulgação/Polícia Civil)

No veículo, havia quatro metralhadoras, nove pistolas, cinco revólveres, um simulacro de fuzil e três adaptadores que potencializam a velocidade do disparo de pistolas (Divulgação/Polícia Civil)

No veículo, havia quatro metralhadoras, nove pistolas, cinco revólveres, um simulacro de fuzil e três adaptadores que potencializam a velocidade do disparo de pistolas (Divulgação/Polícia Civil)

Policiais civis do Deic, Departamento Estadual de Investigações Criminais, apreenderam na segunda-feira, 23, na Parada de Taipas, em São Paulo, um arsenal que pode pertencer a um dos responsáveis pela invasão a uma empresa de valores no Paraguai, ocorrida em abril deste ano.

No veículo, havia quatro metralhadoras, nove pistolas, cinco revólveres, um simulacro de fuzil, três adaptadores que potencializam a velocidade do disparo de pistolas e centenas de munições.

A descoberta e a apreensão do material se deram após investigações de uma equipe da Delegacia de Investigações sobre Roubo e Latrocínio. Os agentes da Polícia Civil buscavam uma quadrilha especializada em assaltos e acabaram obtendo informações sobre o fornecimento de armas para realização de crimes.

Uma pessoa que estaria responsável pelas armas, acabou presa. Em nota, o Deic informou que o veículo foi localizado parado na Rua Máximo Barbosa e que a equipe de policiais constatou que as armas estavam municiadas, indicando estarem prontas para uso.

Confira abaixo o vídeo dos policiais descarregando da viatura as armas apreendidas.